»
theme ©
baby can you see through the tears
Atelofobia

nordestiana:

Tenho medo de não ser aquilo que te basta. De meu amor não ser o que precisas. O teu silêncio me aflige. Tenho medo que cale-se para sempre, e a tua voz doce não me encha de sossego. Tenho medo que desistas de me amar, e desnutrido de você, meu peito acabe falecendo. 

Alvorotar

Só queria que, além de você me querer de volta, ainda conseguisse entender e aceitar todas minhas incertezas, duvidas, inseguranças e distúrbios. Queria que você gostasse e tivesse paciência com esse meu jeito paranoico, pessimista, esquisito, doido, safado, desanimado, solitário, carente, desesperado, bipolar, medroso, covarde, melancólico, triste, insano, desestruturado, influenciado pela opinião de todos, exausto e incoerente… de tudo isso que eu sou, só queria que você me queira por completo, com toda essa bagagem de bobeiras que carrego comigo. Porque, apesar de eu nunca ter certeza de nada, dessa vez, tenho uma certeza não tão certa de que te quero pra mim, de que te quero por perto, mesmo com esse meu jeito meio sem jeito de desejar tudo e não correr atrás de nada e essa minha segurança insegura de te querer.

Thiago Polycarpo.    (via ma-agua)

Talvez o problema seja eu. Talvez eu espere demais das pessoas. Talvez eu queira muito. Talvez o problema seja meu.

Clarissa Corrêa.  
(via terminar)

Não, sentir ciúmes não é tão simples assim. Ficar vasculhando cada rede social, cada vestígio de um comentário maldoso, horas e horas buscando algo que você não quer achar - mas não para de procurar. E se acha alguma coisinha - por menor que seja. Sofre antes, se tortura a cada segundo e morre aos minutos. É, sentir ciúmes cansa, machuca. E a gente não é nem capaz de parar de sentir essa droga quando queremos. Nem de longe seria tão fácil assim.

— Allax Garcia. (via conjuntar)

O engraçado de tudo isso é que nós dois ficamos nesse impasse de esperar que o outro diga que sentiu saudades ou que pelo menos admita que sente alguma coisa que não seja repulsa. Nenhum toma coragem, os dois ficamos na expectativa, palavra alguma é dita. É, acho que a gente se merece mesmo.

taylor and will   (via alucinantes)


Do que eu tenho medo? Deixa eu ver. Sei lá, de repente de chegar um dia e ver que foi tudo em vão, que não valeu a pena, cada gesto ou cada ação, cada investimento e concessão. Eu tenho medo de um dia acordar e sentir que acabou.

Gabito Nunes (via poetinaria)

E ela não fazia ideia, do efeito que aquele sorriso causava em mim.

Stevan Parmanhani. (via solenizar)